05 janeiro 2007

Violência Doméstica

Vasculhando numas coisas antigas que aqui tinha escrito, encontrei estes versos de 2003 que falam sobre a violência doméstica, um tema que, infelizmente, ainda hoje é tabu!

NÃO SE DEIXEM OPRIMIR!!!

Ser cobarde não é apenas não amar com medo de sofrer
Não é apenas viver com medo de morrer,
É sim, não amar, não viver, simplesmente batendo na mulher,
Ser de grande fragilidade, ser de grande preciosidade
Que deve ser tratado como qualquer outro pertence de “valor”,
Com a diferença que este valor tem sentimentos e sente dor
Quando é tratado como um saco de porrada
Por um homem sem consciência
Dominado por raiva, revolta e violência
Descarregando toda essa fúria diante de um ser inocente
Que é obrigado a levar uma “soba” valente
De um machista que pensa que a mulher é uma bola
Que deve ser chutada e encostada a um canto quando lhe der na “tola”…




Está numa linguagem simples e básica até demais, mas conta a mensagem não é?

4 poesias :

KNOPPIX disse...

Caro amigo poeta, o que conta é passar a mensagem :)
Mas no teu poema, devias ter-te lembrado que cada vez mais, também há homens vítimas da violência doméstica, só que esses ainda têm mais vergonha do que elas em denunciar essa situação que estão a viver.
Um abraço e bom fds :)

poeta_rural disse...

tens razão knoppix, hoje em dia há muita mulher forte por aí, que tem os homens na rédea curta...! :S

Boney King disse...

Somos todos propensos à violência doméstica por circunstâncias que até podem ser alheias à vida conjugal.
Nunca se sabe :|

Hoje por acaso vi uma reportagem na TV sobre a violência doméstica. É abismal que estas coisas ainda aconteçam e que o resultado seja a morte. É deplorável.

Alzira do PVC disse...

Muito bem, gostei. Felizmente as mulheres ganham coragem e denunciam os agrassores.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;