04 setembro 2006

Crianças


"Quando as crianças brincam
E eu as oiço brincar,
Qualquer coisa em minha alma
Começa a se alegrar."
Fernando Pessoa

PS 1: Ora aqui está mais um excerto de um poema desse grande poeta

PS 2: Aqui fica a razão do post de hoje (dedicado às crianças):
estava eu na farmácia, quando entram dois putos e começam a falar. A meio da conversa diz a miúda para o puto:
- Eu sei de quem tu gostas...
- Ai sabes? De quem é?
- É da Mariana
- É, mas não tenhas ciúmes dela...

(Fantástico)!!!!

2 poesias :

T-Rex disse...

A simplicidade e ingenuidade com que dizem estas (e outras) coisas é algo de absolutamente delicioso.

Revemo-nos neles, sorrimos e logo de seguida lá vem aquele "medo" de que tudo isto um dia se acabe...


Vedeta ou Marreta?

Cruzeiro disse...

As crianças teem sempre a capacidade de nos surpreender pela inocencia com que dizem as coisas.:-)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;