20 fevereiro 2006

A Borboleta da vida

18/12/03

Imagina que és uma lagarta feia e repugnante,
Andas sempre de mau humor, porque a tua vida não é interessante.
Até que, um dia, fazes um casulo, transformando a tua vida.
Pensas: “o que será de mim agora, feia e escondida?”
Enquanto pensas nisso, o casulo abre e és uma linda voadora
Uma beleza do céu, uma alegre sonhadora
E se ainda ontem eras desprezada
Amanhã vais ser constantemente admirada
E pensarás: “e se eu tivesse medo de mudar.
Nada disto tinha acontecido. Nunca iria melhorar”

O mundo é feito de mudanças constantes
E tu também tens que mudar, escolhendo os teus acompanhantes
Da vida e do sonho, da alegria e da tristeza
Que te apoiem não só pela tua beleza,
Mas sim pelo que tu demonstras ser
Uma pessoa cheia de singeleza e que apenas quer ter
Alguém para amar
Alguém para compartilhar
Momentos únicos na vida
Como aquela lagarta que num dia estava escondida
E, no outro dia, mostrava-se aos céus…

4 poesias :

Anónimo disse...

hihi
..ta lindo..
sim sim smp tiveste jeito pa poesia..ahah!!

jocas ptt bem migo ;) ( lynita)

Maria João disse...

Olá Tiago!

Gostei muito do texto! A metáfora da borboleta representa bem a forma que devemos tomar na vida!Aproveitar a vida e "nunca ter medo de mudar" pois só assim poderemos viver e aprender com ela =)

Que este texto nos sirva de guia ao longo da nossa vida!

Gostei,*

Beijinhos
Maria João

Dreamer disse...

Gostei do "Borboleta da vida" identificaxe em parte cmg..e com a evoluxao k a
minha vida teve..=)
tmb gostei do "Broder"..
ptt bem e continua..

Anónimo disse...

oi nino!! tou a gostar de ver.. como sempre um menino dedicado ;) pelos vistos ainda nao perdes.te o jeitinho pela poesia mas penso k já ali este... beijinhos e continua Nocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;