06 setembro 2010

A vida como ela deve ser

"Se seguires todas as regras, acabas por perder a diversão"
Bob Marley

Esta frase do verdadeiro sábio é a mais pura das verdades. De que adianta seguir todas as regras e deixar a vida passar ao lado? Sou novo (pelo menos há dias em que me sinto novo), tenho que gozar a vida despreocupadamente. Se me vão apontar o dedo amanhã pelas asneiras que fiz hoje? Não quero saber, não devo nada a ninguém, muito menos satisfações. Gosto de aproveitar ao máximo (nunca é ao máximo, mas é sempre ao mais alto nível possível) e é isso que vai dando momentos de alegria.

Gosto de momentos espontâneos como tomar banho de mangueira em pleno bairro de pescadores, de acampar de forma selvagem durante três dias, de ficar alcoolicamente alegre (e chato) de vez em quando (para não ser sempre eu o sóbrio a aturar os outros), gosto de fazer figuras sem querer saber de quem está a ver, gosto de fazer de barman amador e misturar umas garrafas de Trina com as ditas bebidas brancas, gosto de ter grandes momentos, proporcionados por grandes companhias.

Gosto apenas de acordar e sentir-me pronto para mais um dia, tentar deixar as tristezas na almofada e levantar, mesmo quando me doi a cabeça, as costas e a garganta...fruto de não seguir as regras!

1 poesias :

Gabriela Perez disse...

é por momentos tasqueiros como esses que vale a pena levantar e sair da tenda que até parece uma estufa, porque sabemos quem está lá fora e que à noite vai haver trina alcoolizada e o que os outros vêem não interessa até porque provavelmente não se lembrarão no dia seguinte xD e enquanto isso uma pessoa foi feliz na torreira :) *

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;